O Projeto de Lei nº 2424/2020 é mais uma tentativa do governo para dar suporte na crise econômica deflagrada pelo coronavírus, uma vez que tem a intenção de abrir uma linha especial de crédito para profissionais liberais, como advogados, dentistas e corretores, durante a pandemia.

 

Estão excluídos, pelo Projeto, os profissionais liberais com participação societária em pessoa jurídica ou com vínculo empregatício de qualquer natureza.

 

Na prática, a linha de crédito disposta no PL 2424/2020 prevê taxa de juros anual máxima equivalente à taxa Selic, acrescida de 5%, além de prazo de até 36 meses para o pagamento, dos quais até 8 meses poderão ser de carência com capitalização de juros. 

 

O Projeto também concede valor da operação limitada a 50% da receita bruta anual calculada com base na declaração de imposto de renda de 2019, no limite máximo de R$ 100 mil por beneficiário.

 

Além da linha de crédito, o Projeto altera a parte do cálculo do crédito que uma empresa com menos de 1 ano de funcionamento poderá acessar no PRONAMPE, de forma que passará a ser calculado pela média da receita bruta mensal apurada no período, que deverá ser multiplicada por 12 para o cálculo da média anualizada. E, ainda, o limite do empréstimo nessas situações será de 50% do valor obtido.

 

Por fim, o Projeto cria ainda: um conselho de participação em operações de crédito educativo; regras para o leilão de créditos não recebidos pelos bancos e honrados pelo Fundo Garantidor de Operações (FGO); e formas de aplicação da garantia dada pelo FGO.

 

O Projeto já foi aprovado e segue para a sanção presidencial.

 

Ainda tem dúvidas sobre este tema? Deixe o seu comentário neste post ou converse com os nossos especialistas pelo Whatsapp (encurtador.com.br/bopzF), será um prazer orientá-lo!

Nogueira e Tognin, fundado em 1995, sendo atualmente referência no Direito do Trabalho e na assessoria e consultoria preventiva na gestão de pessoas e empresarial.

 

Por: Gabriela Rodrigues

Advogada Civilista

Escreva um comentário:

*

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Elaborado por 3MIND - especialistas em marketing jurídico.

Open chat